MANDALA FOGO


FOGO

Eu peguei na mão do poeta e com a sua pena delicada desenhei o fogo da minha poesia.
Toquei as angústias das incertezas, e acendi o fogo do silêncio da resposta.
Beijei os lábios das cantoras vãs – deusas delas mesmas; vozes divinas em corpos pagãs – e nasceu o fogo das canções apaixonadas, enluaradas. Amásias sutis de versos perfeitos.
Amei os devaneios tontos dos amantes embriagados, e fiz o fogo das paixões ardentes.
Lambi as estrelas, como se elas fossem minhas crias mais primárias, e surgiram as faíscas do fogo que avisa os presságios às procelárias.

O Criador, que hoje se deixa fagulhar dentro de nós, teve forma de fogo.
Hoje etéreo e delicado. Antes fogo delgado.
As fagulhas Dele, que em nós vivem, são deuses retalhados fazendo fogo para manter acesa a chama das existências.
O Criador, que distribui em suas criaturas, as centelhas dos lumes do elemento que compõe o seu Ser.


Fogo que me ascende e me acende. Que me alimenta e sustenta. Que me aquece e me esquece.
Que em seu braseiro impiedoso é todo o colosso para a vida.
O elemento da sobrevivência e da destruição. E que dentro de mim é mais que o símbolo da paixão, é a graça necessária para a minha iluminação.
Sem ele tudo é escuro; sem sua combustão tudo é inexatidão. Escombros vazios, nos invernos maltrapilhos. Nada seria dos invernos sem o fogo. Lodo seriam as estações. Congelados seriam os corações.


Ferramenta poderosa que reluz em tambores sagrados e em pés queimados em volta de sua fogueira.
Fusão de todas as almas. Labaredas de todas as coisas. Veemência de todas as energias.
Ancestral opulento de sangue elementar, onde nem a modernidade e a sua magnificência, conseguiram apagar.

Eu toquei a Mandala com o coração e surgiu em mim o brilho do fogo que a compõe.
Rastros dos cernes que unem estados, tempos e essências.
Mandala de Fogo que, com ele, remete-nos às nossas reminiscências.
Aquecimento através do ardor. Fogo também é mandala e o seu torpor também é amor.
Mandala de Simone Bichara e texto de Daniella Paula Oliveira
Do Projeto: A Mandala e a Palavra

5 Response to "MANDALA FOGO"

  1. Isaac Melo Says:

    Querida Simone,
    tenho uma sugestão. Creio que com suas pinturas e os textos da Paula poedriam reunir num livro, que sairia, com certeza, um belo trabalho. Isso tudo precisa ser levado além das fronteiras da web.
    Ah, desculpe por não ter ligado. Mas farei isso hoje!
    Um grande abraço,
    Isaac

  2. Mariah Says:

    Isaac, essa sua sugestão estamos dando faz tempo.
    Eu, particularmente, adoro esse trabalho das duas. Já disse a artista que parece simbiose.
    Parabéns mais uma vez.

    Luz,
    Mariah

  3. Maria Tereza Says:

    Bravíssimo! Posso copiar?

  4. Greci Says:

    Maravilhoso!
    Sem palavras.

  5. Rafaela Says:

    "Amásias sutis de versos perfeitos."
    Olha que coisa mais linda!!!!!
    Encantadíssima.

Postar um comentário

Pages