0 comentários
EXPOSIÇÃO DE ARTES PLÁSTICAS - CÍRCULOS FLORESTAIS
Da artista plástica Simone Bichara
Galeria do Sesc Centro - Rio Branco/Acre
Período - 04 a 24 de abril


CONVITE DA EXPOSIÇÃO CÍRCULOS FLORESTAIS

                                 
                                         FOLDER DA EXPOSIÇÃO CÍRCULOS FLORESTAIS




FOLDER - PARTE DA INTERNA DO FOLDER DA EXPOSIÇÃO CÍRCULOS FLORESTAIS

Críticas interativas

1 comentários





Simone Bichara e sua arte no Jam session open air de Montreux

1 comentários


MANDALAS DA FLORESTA NA EUROPA

1 comentários

MANDALAS DA FLORESTA EM MONTREUX,GENEBRA E LONDRES.OUT.13

0 comentários
Exposições das Mandalas da Floresta na Europa. Na Suíça participei do Festival em Montreux - Jam Session Open Air du Montreux. Também fiz uma Mostra na casa do cônsul adjunto do Brasil em Genebra,num coquetel apenas para convidados. Em Londres também foi feito uma Apresentação das Mandalas para um público selecionado Um mês viajando pela Europa foi importante não só para Realizar minhas Exposições, mostrar meus trabalhos e conhecer o mercado das artes plásticas, museus e galerias,mas para fazer contatos e agendamentos de exposições futuras,bem como, conhecer curadores interessados em pegar minhas obras para negociar com galeristas. Importante também perceber o quanto o europeu valoriza todos os tipos de artes. Os museus e as galerias são sempre lotados por pessoas de todas as idades que vão ali prestigiar a arte do mundo inteiro.Foi muito especial poder sair do Acre e chegar à Europa levando as Mandalas da Floresta com seus coloridos alegres,suas formas indígenas, caboclas e florestais.





Exposição Mandalas da Floresta em Manaus

2 comentários
Um super agradecimento ao povo de Manaus, que tão carinhosamente nos recebeu e apreciou as Mandalas da Floresta.
É com alegria que a artista Simone Bichara fecha mais uma bela exposição; cuja importância, por se tratar do coração da Amazônia, não se relata em palavras.
Que as mandalas que ficaram possam levar sempre o frescor e a força da mata acreana, bem como, a grandeza que a verdadeira arte é capaz de tocar, todas as vezes que apreciada.
Compartilhamos com vocês uma das reportagens que saiu em jornal local sobre a exposição e um vídeo gravado pelo Amazon News no dia do vernissage.

Muito obrigada e até a próxima!

Produção Mandalas da Floresta.



Para ver o vídeo, clique no link abaixo:

Publicado em Quarta, 03 Julho 2013 08:49 | Escrito por Gustav Cervinka
Esta é a primeira vez que as mandalas amazônicas chegam à capital amazonense – foto: Divulgação
Esta é a primeira vez que as mandalas amazônicas chegam à capital amazonense – foto: Divulgação

O universo amazônico e indígena, bem como os mundos africano e oriental estão devidamente representados nas pinturas da artista plástica Simone Bichara, natural do Acre, que traz pela primeira vez a Manaus uma exposição de suas obras. Ao todo, 30 quadros (que variam de 40 centímetros a 1 metro de diâmetro) vão compor a mostra “Mandalas da Floresta”, a partir desta quarta-feira (4), no Instituto Cultural Brasil Estados Unidos (Icbeu).

Embora seja aferido o nome “mandala” às obras de Bichara, a artista afirma que o termo é passível de equívocos interpretativos. “Meu trabalho é baseado em círculos. Sempre gostei disso. Mas o conceito foge ao padrão do que é uma mandala tibetana, uma vez que meus trabalhos são indígenas, apresentam temas amazônicos, etc. Já até tentei mudar isso para evitar distorções de interpretação, mas não consegui. O fato é que as pinturas vão além das mandalas, mas também carregam o aspecto holístico, tem a ver com energia do bem”, diz.

As obras de Simone Bichara revelam o envolvimento da artista para as questões que envolvem suas próprias raízes. Nascida em Rio Branco, capital do Estado do Acre, Bichara também é descendente de sírio-libaneses e, por isso, é possível identificar elementos nas suas representações coloridas que denotam essas influências de origem e pertencimento.

 “Além das mandalas, também faço vitrais e mosaicos. Mas até mesmo nas pinturas é possível perceber que existem mosaicos inseridos nela”, exemplifica quão abrangente são suas manifestações artísticas.

EXPOSIÇÃO MANDALAS DA FLORESTA EM MANAUS

3 comentários



SOBRE A ARTISTA PLÁSTICA SIMONE BICHARA

Por Daniella Paula Oliveira - Escritora, professora e produtora cultural


 “... Quando a floresta primordial visitar os seus olhos
Permita que ela adentre em sua alma
Que os seus cipós se retorçam em suas entranhas
Suas raízes se emaranhem em seus sentidos
Suas cores desnudem suas fraquezas
E seu forte verde refaça sua coragem.
Permita que o mesmo mistério que vibra nos íntimos das selvas
Ressoe no seu espírito.
Abra os olhos e silencie a mente...
Pois eis a oportunidade.”



 Natural de Rio Branco, Acre, a artista inicia sua produção artística na década de 1980, quando, a trabalho pela Comissão Pró-Índio/AC e FUNAI, convive constantemente com os índios, seringueiros e ribeirinhos da sua terra.
Produzindo nesta época algo para si ainda desconhecido, imaginando pintar o sol como os índios viam, Simone rabiscava e matizava em papel, traços originais e circulares, nas aldeias e acampamentos dentro das matas amazônicas.
Quando uma amiga elogiou as suas belas mandalas. Foi então, que conhecendo o significado e a simbologia dessa arte milenar, passou a produzir essas circunferências mágicas, onde, embora a origem seja oriental, a artista, dona de uma brasilidade incontestável em obra e personalidade, cria uma nova conotação para os seus círculos, transformando-os em uma verdadeira e monumental obra de arte brasileira, amazônica, universal.
Realizando a sua primeira exposição em 1992, na Fundação Cidade da Paz, em Brasília/DF, como conclusão do curso de Formação Holística de Base, Simone Bichara consolida uma trajetória que a elevará a uma das mais originais artistas plásticas da atualidade.
Tem suas obras vendidas a apreciadores de arte nos Estados Unidos, Espanha, França e Uruguai. No Brasil, especialistas, intelectuais e artistas de renome são unânimes em reconhecer na obra de Simone Bichara uma revelação da autêntica beleza da arte.
Expôs em diversos Estados brasileiros, sendo selecionada, em maio de 2012, pela Secretaria de Intercâmbio e Difusão Cultural do Ministério da Cultura, a viabilização da mostra na Livraria Cultura de Recife/PE. Recentemente recebeu convite para expor no Festival Jam Session Open Air Montreux, Suíça, e, em Londres, no Life Shoreditch, que acontecerá
ão em outubro de 2013.
Simone Bichara tem formação em História, pela Universidade de Brasília, e atua ainda como terapeuta holística e produtora cultural. 


“... ela vê uma folha que a formiga pisou e transforma em “verde-ínfimo”, e depois o usa para criar uma obra grandiosa.”
“... ela traz a beleza e a sofisticação do mato, para o nosso cimento armado.”
“.... quando ainda menina pensava que toda a floresta era sua casa. Cresceu e continua sentindo assim. Suas mandalas são suas grandes salas-de-estar, onde nos recebe em pleno aconchego.”
“... é uma arte propriamente feminina, onde, como uma terna mãe nos acaricia os olhos e nos coloca pra viver.”
“...é o desmembrar dos traços do mundo. Em suas mandalas estão os caminhos que nos levarão pra casa.”
“... pinta como quem desvela o seu próprio segredo, e o entrega ao mundo como num rito de parição.”
“... sua arte é toda floresta. Até o mar, quando nela retratado, tem árvores plantadas em suas algas”.
A Arte de quem reconhece a inspiração


Engajada na preservação das florestas brasileiras, inerente às suas obras está à consciência ambiental. Elaboradas em madeiras recicladas, as mandalas de Simone são apenas uma parcela da imensa representatividade artístico-ambiental da artista; a mesma recicla móveis e utensílios, deixando, por onde passa, marcas do seu olhar atento à arte, à natureza e ao mundo





Pages